• @UsConservadores

Amanhecerá — Tenho Certeza — Talvez o Sol Esteja Apenas Atrasado.

Atualizado: 5 de Ago de 2020



Por que castigas essa nação, sem distinção, com tamanha impiedade?

Por que consome tantas almas, de dia e de noite, sem nenhuma clemência? Não entendo o porquê desta vontade desenfreada.


Que sejam consolados os espíritos que perderam seus semelhantes, que sejam retirados deste pesar inquietante.


Se o mundo desafiou-lhe às escondidas, peço-lhe perdão às claras, rogando-lhe que esqueças este solo. Apaga de tua memória o rosto destes habitantes, apaga de tua memória o suspiro de seus corações, suma!


Lança-te no mar do esquecimento, afoga-te no vazio que apresenta à nossa nação. Devolva o sorriso deste povo, entregue os sonhos que capturou.


Outra vez mais, eu pedi a Deus que consolasse o coração dos enlutados — espero que esta carta tenha chegado ao seu destino. Não deixe que a noite cubra teu coração, nem permita que a sombra cubra o teu brilho, pois dias mais belos virão. Dias em que teu radiante sorriso iluminará o espírito de alguém, dias em que teu abraço mandará embora o sofrimento de outros corações.


Força, grita a minha alma, pois nada tenho a entregar, senão estes pequenos versos. Breve tua alegria renascerá como o sol que invade os montes, que após o castigo da noite às vistas humanas, manda embora a escuridão que repousava sobre a terra. Amanhecerá — tenho certeza —, talvez o sol esteja apenas atrasado.


Renan Jorge

11 visualizações0 comentário

Receba Nossos Artigos:

Os Conservadores © 2020