• @UsConservadores

O Aviso é Mera Formalidade, Bolsonaro já Bateu em Você

Atualizado: 27 de Ago de 2020


Bolsonaro disse a um repórter do jornal O Globo, ontem, que teria vontade de “encher sua boca de porrada”. O jornalista perguntou ao presidente sobre depósitos realizados por Fabrício Queiroz para a primeira-dama, Michelle Bolsonaro.


Em primeiro lugar, num tom realmente penoso e indesejável, estou, lamentavelmente, a dizer que isso não causa-me espanto. Não pelo ato em si — que é romantizado e aplaudido apenas pelo eleitor mais fanático do presidente —, mas justamento pelo comportamento de Bolsonaro, que, todos sabem, é simplesmente deplorável. Em segundo lugar, cumpre destacar que este ato, de tão ridículo que foi, faz-me pensar que isso não passa de uma maneira proposital de "distrair algumas mentes", já que, curiosamente, o caso em que Bolsonaro teria pedido para Aras receber Wassef, que à época atuava na JBS, foi temporariamente esquecido. O antagonista tratou de levantar um punhado de questionamentos a serem feitos ao presidente, por esse mesmo motivo, não o farei neste espaço, querido(a) leitor(a), e recomendo-lhes essa leitura. Além disso, se eu fosse nomear a quantidade de questionamentos que poderiam ser feitos neste artigo, provavelmente passaríamos a semana inteira tratando disso.


Voltando ao assunto, o que este ato grosseiro, além da possível cortina de fumaça já apontada, pode indicar? Provavelmente um desespero. Nos últimos dias, criou-se uma imagem muito deturpado de um "Jair mais benéfico", um Jair mais amoroso e bondoso, um belo toque midiático e, devo confessar, provavelmente um trabalho muito enfadonho de seus assessores. Afinal, quem pode mudar a natureza de um indivíduo, não é mesmo? Creio que esses senhores descobriram uma coisa: serpentes não têm asas, portanto, elas não podem voar. Qual era o destino desse voo alçando ? Provavelmente ganhar apoio e poderio político, com seu populismo barato. Deu certo nas regiões mais carentes do Brasil, mas agora o Jair voltou à normalidade.


E o que dizer de seus fiéis vassalos, que estão a proteger o seu ídolo a todo custo. Não ficaram espantados pelo valor envolvendo Queiroz e Michele, e, de acordo com alguns, esse foi o principal motivo: "o valor". Como se quantias baixas fossem aceitáveis e insignificantes, e se for esse o caso, tudo bem? Talvez, sim, para eles, os relativistas. Para esses senhores, é errado fazer perguntas, ou melhor, é apenas lacração, o correto mesmo é ficar de boca fechada, o correto é assistir a vez do seu político de estimação fazer o que ele desejar. Que papel mais vergonho esses senhores estão a fazer, se estivesse no palco desses senhores, trataria de destruir a máscara, mas, em todo caso, ela está perto de cair.


O presidente não agrediu o jornalista, apenas manifestou o que seria o seu "desejo latente" . Mas isso não faz a menor diferença, afinal, para um governo que dizia-se conservador, para um governo que prometeu acabar com a corrupção e combater o sistema, ele parece numa posição muito confortável, isso já é um belo soco em nossa boca; um soco em todos os eleitores que acreditaram em suas promessas vazias. Esse soco já foi dado faz tempo, e o nocaute foi visível. A verdade começa a ser tecida as poucos, e aqueles que recusam-se a fazer perguntas desse tipo, estão a agir assim porque, no fundo, eles sabem a resposta, mas a verdade parece castigá-los, ou talvez nada lhes resta, nem moral, nem ética, nem nada, apenas o mesmo vazio do seu presidente. Por Renan Jorge

24 visualizações0 comentário

Receba Nossos Artigos:

Os Conservadores © 2020